menu

Shopping Cart

Blog Article

Entrevista sobre Digital Transformation e a nova realidade para os mercados público e privado

publicado em Mercado de TI, Soluções IT2B by

Carlos Motti, CEO da IT2B, traz sua visão de futuro e ressalta a transformação digital como pilar de evolução para o mercado

De acordo com a IDC, empresa de inteligência de mercado e consultoria nas indústrias de tecnologia da informação, telecomunicações e mercados de consumo em massa de tecnologia, o processo de transformação digital é um caminho sem volta para as empresas em busca de eficiência e competitividade. Segundo recente pesquisa, no Brasil pouco mais de 10% das empresas investe cerca de 5% de seu faturamento em tecnologias inovadoras. Até 2020, 60% dos investimentos das organizações estão direcionados para a transformação digital.

Carlos Motti fala sobre o tema e explica de forma prática como a transformação digital modifica os meios de consumo, as atividades no ambiente de trabalho, os serviços prestados por empresas privadas e públicas, além das novas oportunidades de negócios.

Divulgação: O que é Digital Transformation (DT)  e como se aplica para as organizações brasileiras?

Carlos Motti: Digital Transformation ou Transformação Digital pode abranger diversas interpretações como estimular as empresas a usarem a tecnologia a seu favor, para assim, trazer melhores resultados, o que as posicionam de forma mais competitiva no mercado, mas isto em si não é DT. Compreendo Digital Transformation como o uso intensivo e massivo de TI, possibilitando a criação de novos modelos de negócios e modificando a relação com o seu cliente. Isto, inclusive pode alterar o core business de determinadas companhias de forma radical.

Divulgação: Convivemos diariamente com a Transformação Digital e sequer percebemos como os serviços têm mudado. Quais as principais modificações e o impacto para as empresas e para as pessoas?

CM: Parece uma realidade distante, mas você já vive a transformação digital no seu dia-a-dia. O smartphone passou a ser elemento essencial no cotidiano. Basta lembrarmos sobre quantas transações, interações, compras e serviços adquirimos através de aplicativos bancários, de transporte, comida, saúde entre outras tantas possibilidades que a conectividade promove. Veja quantos novos negócios surgiram nos últimos dois ou três anos que incluem novas formas de  atendimento. Sempre pensamos nos mais populares como Airbnb, Uber, Apps de alimentos, mas vejam as possibilidades de serviços online, desde estética, compra online, contratação de seguros, viagens ou até serviços mais complexos direcionados às empresas. As companhias que não acompanham essa transformação se tornam obsoletas. O grande desafio das empresas está ligado à sua longevidade, o que necessariamente exige passar por inovação e, falar em inovação hoje é falar em Digital Transformation.

Divulgação: Para o cenário econômico que o país vive com infraestrutura precária e crise política, como podemos pensar na transformação digital como aliada do crescimento?

CM: O Brasil apresenta índices precários de IDH (Índice de Desenvolvimento Humano) o que desanima a população e os empresários que poderiam ter mais oportunidades para pensar em soluções inovadoras para o país. A Transformação Digital é um recurso essencial para a preservação das empresas, sem inovar, mudar processos e trazer diferenciais, as companhias tendem a fechar suas portas porque ficam obsoletas, e presas fáceis de concorrentes. A partir da Digital Transformation, as empresas têm a oportunidade de identificar informações, conhecer seus clientes, oferecer diferenciais, acompanhar relatórios e métricas seguras. Tudo isso é fundamental!

Divulgação: Quais os principais desafios para os empresários se adequarem à Transformação Digital e a tornarem uma aliada aos seus negócios?

CM: Os modelos de negócios precisam se reinventar e acompanhar o novo perfil do cliente, cada vez mais dinâmico e ocupado. Os empresários precisam abrir a mente para o novo e contar com especialistas que entendam como agregar diferenciais a partir da tecnologia. A transformação digital é o caminho para agregar recursos como Analytics e Business Intelligence, Gestão de Dados, Gestão da Informação, Integração de Serviços, Atendimento Personalizado e Experiência de Consumo, Comportamento do Cliente, Comunicação Omnichannel, e muitos outros recursos da nova sociedade que está sendo criada a partir da mobilidade, convergência digital, com acesso e interação direta a qualquer informação.

Divulgação: Smart Cities Solutions é uma das frentes do portfólio IT2B elaborada especialmente para o desenvolvimento dos municípios. Quais as principais oportunidades identificadas em curto e médio prazos?

CM: As oportunidades acontecem para quem enxerga além. Desde 2007 apostamos neste segmento com o seu crescimento e poder de mudança. Isso trouxe conhecimento que nos permitiram oferecer diferenciais. A Transformação Digital lidera a Business Line Smart Cities Solutions, pois nela unimos: o comportamento da população, cada vez mais conectada, informada e participativa, aos serviços públicos essenciais como transporte, saúde, educação, gestão orçamentária com a tecnologia da informação, assim oferecemos recursos muito mais inteligentes e viáveis, mesmo diante de problemas estruturais que temos no País.  

Divulgação: Quais os desafios das cidades e como eles podem ser apoiados a partir da Transformação Digital?

CM: Atualmente o cidadão tem acesso à informação com muito mais velocidade, mas as cidades precisam ter mais eficiência operacional para trazer agilidade e flexibilidade aos serviços. Apenas assim, os municípios poderão crescer. Com serviços públicos eficientes, diferentes negócios operam com maior qualidade, desde comércios mais seguros, vias mais eficientes, educação de qualidade e transparência da informação, é assim que a Transformação Digital pode ajudar.

Divulgação: O que habilita a IT2B neste momento para uma atuação diferenciada em Digital Transformation (DT)?

CM: Sua base de competência em diversas tecnologias que vão desde as mais simples como dispositivos end user, até as mais complexas como soluções analíticas, computação cognitiva e hiperconvergência, entre outras. Temos também uma atuação abrangente nas camadas de hardware, software e serviços, com cases de alto grau de complexidade em todas elas. Por fim, a nossa base de parceiros tecnológicos como HP, Oracle, SAP, Microsoft, IBM, Cisco, Lenovo, Huawei, entre muitos outros.

Confira mais informações sobre Digital Transformation aqui em nosso Blog e em nossas publicações nas redes sociais (ícones abaixo).

06 set, 17

postar comentário