menu

Shopping Cart

Blog Article

Com inteligência artificial, Oracle quer criar novos sucessos da música

publicado em Mercado de TI by

Utilizando Big Data, a plataforma fará análise e monitoramento de redes sociais para captar tendências e gostos musicais

O bilionário Larry Ellison é famoso não só pela empresa de tecnologia que fundou, a Oracle, como também por participar de regatas todos os anos. Ele gasta fortunas investindo no preparo do time da Oracle no American\’s Cup. Recentemente, levou as ferramentas de Big Data (“montanhas” de dados complexos que permitem uma análise mais aprofundada) desenvolvidos para seus barcos e, com isso, ampliar suas chances de sucesso. O mesmo princípio inspirou funcionários da Oracle a desenvolver soluções além do universo B2B, aquele dos clientes corporativos tradicionais. Na quinta-feira (04/05), a empresa lançou no Brasil uma plataforma de produção musical.

O serviço utiliza ferramentas de Big Data, análise e monitoramento de dados para coletar tendências, gostos e preferências das pessoas nas redes sociais e, assim, criar uma nova música. Na prática? Esqueça a tal da inspiração artística: é fazer música analisando uma infinidade de dados. “Queremos captar aquilo que poderia gerar e prever um novo hit”, diz Fernando Lemos, VP de Tecnologia e Inovação da Oracle para América Latina.

Segundo Carmela Borst, VP de marketing da Oracle para América Latina, a plataforma chegará ao mercado com “baixo custo” para pequenos, médios e grandes produtores ou artistas. Um dos focos é atingir o público mais jovem – e criar uma conversa com os ouvintes. “Temos discutido muito o momento que vivemos e nossos novos clientes, as novas formas de fazer negócio. Como podemos transformar a marca”, diz Carmela. “Com esse projeto, saímos da discussão B2B ou B2C para a discussão Human to Human (pessoa para pessoa)”.

A pretensão pode ser grande, mas a Oracle diz que é possível e que o novo hit virá. O primeiro “teste” para a nova solução musical começou com a campanha digital “It\’s Your Time”, em parceria com o produtor Dudu Borges. Borges é famoso no meio de sertanejo universitário, produzindo artistas como Michel Teló e Luan Santana. Desde o dia 28 de abril, a Oracle e o produtor têm compartilhado perguntas nas redes sociais envolvendo a temática música. “Qual seu ritmo, música e instrumento favorito?” ou “Quais palavras você gosta em uma música?” são algumas delas.

Todas as interações, impressões e comentários são compilados pela ferramenta de redes sociais da empresa, a SRM (Social Relationship Management), que categoriza o que as pessoas mais estão falando. Os dados passam pelos filtros de dois programas de Big Data da empresa e um de machine learning (aprendizado de máquina) e inteligência artificial (AI). Todos irão analisar e separar o que é ou não tendência. No estúdio, o produtor Dudu Borges recebe todas essas informações como se fosse uma “nuvem de tags”. A partir daí, ele promete criar o novo hit, que será gravado pela dupla Bruninho & David e o cantor colombiano Maluma.

A previsão é que a música seja lançada entre 10 e 15 dias. Mas já dá para sentir o que vem por aí. Até agora, foram 23 milhões de interações nas redes sociais – contabilizando as redes sociais dos músicos envolvidos e da empresas (no Brasil e países da América Latina onde atua). Desse total, os brasileiros correspondem a 50,8% delas, seguidos por internautas da Venezuela (13%), Colômbia (12%) e México (7,5%). E quais são as tendências identificadas até agora? Violão, bateria e piano são os “instrumentos que mais emocionam” e as palavras “amor”, “namorado” e, veja só, “delícia”, são as que eles gostariam de escutar em uma música. Agora, é esperar para ver – ou, melhor, escutar.

 

Fonte: https://goo.gl/oOU4L3

10 maio, 17

postar comentário